08/05/2013

Simplificando...

Outro dia estava analisando os eletrodomésticos lá de casa, lutando para arrumar a cozinha, buscando espaço para acomodar meus adorados e práticos potes Tupperware. Dei de mão no multiprocessador e na batedeira antiga (mamãe me deu uma nova), e passei adiante. Levamos para um lugar onde serão bem utilizados, abriu um espação...


Fico abismada com a quantidade de coisas supérfluas que nos empurram todos os dias, seja pelos comerciais de televisão, ou mesmo pelos catálogos de venda. Ontem estava olhando um destes catálogos, na casa da minha mamis, e vi um protetor para dedos, que você usa enquanto corta legumes. É mais um dos itens fadados a ir parar no fundo da segunda gaveta da pia, aquela em que moram os itens que compramos por impulso, e que usamos uma vez e só.

Fui para a casa refletindo, quanta coisa compramos no impulso e passam a entulhar nossa casa...

Nos mudamos a pouco mais de seis meses, ainda não conseguimos comprar todos os móveis necessários. Priorizamos a cozinha, q foi modulada sob medida, e protelamos o quarto. Estamos só com o guarda-roupas da filha, para acomodar as roupas da família toda. Neste domingo fiz um “declutter” do guarda roupa, separando todas as peças que não nos servem, ou que não vamos mais utilizar (porque não queremos ou não gostamos mais). Enchi um cestão de roupas, que estão em boas condições e serão devidamente doadas. Mas muitas delas estavam ali há anos, sem uso.

Me senti muito melhor depois desta faxina, vou estender isso para todos os cômodos. A vida parece que flui melhor quando as coisas fluem por nossa casa, sem se acumular pelos cantos.

O próximo passo serão os brinquedos da filhota, são quatro caixas de brinquedos, ursos, bixinhos, tudo na sala de estar, acomodado ao lado do sofá. Nem preciso dizer que é uma eterna bagunça, né? Bagunça que gera mal estar, que incomoda, e que não precisaria existir se já tivéssemos dado um tempo para destralhar.

Simplificar... taí um bom foco! Estou gostando muito do resultado.

Margarida: para mim é o símbolo da simplicidade, da alegria, do coletivo - já que é uma comunidade de flores, e não uma flor só...

Postagens populares