20/04/2008

aniver do Du...


O aniver do du foi quinta feira, dia 17 de abril, ele fez 6 anos... (a foto é de hoje a tarde, ele está com a camisa do grêmio)
Tava pensando, durante todo o sensacionalismo da mídia no caso da menina Isabela, que é um dia mais nova que o meu sobrinho (ela faria 6 dia 18), e em como uma criança é importante na vida de uma família.

Nosso Du é importante na nossa... para todos nós, assim como a minha sobrinha, a Fabiana (de rosa na frente do Du) filha do meu irmão Diego.

O Du foi o primeiro neto, primeiro sobrinho... lembro do primeiro banho dele em casa, eu fui ajudar, pois sou madrinha (e sou metida prá caramba). A sensação de ter aquele bebezinho tão frágil nas mãos... lembro que chorei. (ele também chorou tadinho, a água assustou o guri)

Não quero falar da tristeza da tragédia já tão explorada...

Quero falar da alegria de se ter uma criança em casa, que traz vida, bagunça, novidade... nos ensina a lidar com os nossos limites, com os limites deles...

Quero agradecer a Deus por tudo que já vivemos, e por tudo que ainda vamos viver de momentos felizes... e também pelos momentos de apreensão, que serviram para nos unir e nos deixar mais fortes.

As crianças têm este dom, nos lembrar que a vida é mais do que nós vemos e vivemos no 'agora'.
A vida é também uma promessa...
um projeto...
um sonho.
Que saibamos cuidar e sonhar com nossas crianças, tenham elas ou não o nosso DNA.

14/04/2008

Dando as caras


Eu...
com o violão do Zé, me fazendo de loca, porque faz muito tempo que não me presto a ensaiar nem a tocar.
Minha família tava debochando do meu 'repertório', toco sempre as mesmas músicas, de preguiça de aprender novas.
Quando era igrejeira, tocava quase todo dia, finais de semana eram sempre com o vilão prá lá e prá cá.
Mas a decepção com o movimento fez eu largar o violão de lado também.
Mas acho que o 'nojo' já tá passando, porque deu vontade de tocar música boa no aniver...assim que o meu véio voltar de viagem, vou pedir prá ensaiar umas MPB's. Tomar que ele não se assuste, tadinho...
Beijo pessoal, e boa semana!!!!

09/04/2008

É necessário ter o caos aqui dentro para gerar uma estrela.
Nietzsche


É verdade Friedrich... as coisas mesmo quando parecem ruins, podem gerar luz e energia.

07/04/2008


As pessoas fogem da solidão quando têm medo dos próprios pensamentos.

(Érico Veríssimo)

Eu gosto de estar sozinha, em geral aprecio minha companhia.


06/04/2008

segunda marcha

oi
to aprendendo a dirigir...
agora é para valer, em 2000 eu comecei a aprender, mas não passei de algumas manobras em kombi, mas isso fica prá depois...
Outro dia peguei o carro, dei umas voltas, o Zé me assessorando... mandando parar e arrancar... adrenalina pura.
Hoje fomos para o nível dois da coisa, aprendi a usar a segunda marcha e a fazer curva sem fingir estar dirigindo uma scania.

Foi bem legal... estou gostando.

Dizem que o ideal é deixar para aprender na auto escola, mas não queria chegar lá muito 'crua'...

02/04/2008

sobre meu aniversário...

Cheguei hoje nos 31
Assustador
...
Mas vamos lá... cheia de confiança e fé na equipe!!!

Gente, quero partilhar com vocês uma coisa bem legal:

Ontem pertinho da meia noite recebi duas mensagens de parabéns que me emocionaram muito.

A primeira veio de uma amiga de longa data, irmã de coração, daquelas que não importa quanto tempo passe sem que a gente se veja, quando nos vemos, parece que o último encontro foi ontem, a afinidade não desgasta... Ela sempre lembra, tem uma memória infinitamente melhor do que a minha memória atrapalhada de historiadora.... risos... (Carminha, eu amo vc... de coração!!!).
A outra mensagem veio de um casal de amigos que passou a fazer parte da nossa vida há pouco tempo, o Daniel e a Lucéia. Esta história é diferente, porque faz parte da história de uma outra fase de minha vida, a fase ‘casada’. Aliás, essa é uma transição interessante de ser analisada, são poucos os amigos que resistem ao ‘pós casamento’. E este casal é muito especial, o Daniel é meu colega de faculdade, e parceria para as horas difíceis de teorias mirabolantes, colegas esquisitos, professores excêntricos... enfim... passamos poucas e boas juntos nos últimos tempos, e nos divertimos bastante. E o legal é que isso não se restringe ao ambiente acadêmico, já que os nossos pares também fazem parte desta convivência saudável... uma boa nova amizade. Valeu Dani e Lu!

Foram vários lembretes carinhosos até agora, coloco estes dois em especial por representarem dois momentos distintos e igualmente especiais da minha vida: os 'velhos' e os 'novos' amigos, os verdadeiros amigos, cuja amizade é limpa, e permanece.

Hoje sou capaz de fazer um balanço positivo de tudo que já vivi, e agradecer muito a Deus pelas oportunidades que tive, e por todas as experiências que vivi e pessoas que conheci.
Agradeço pela família esquisita e maravilhosa que eu tenho, e por ter a possibilidade de viver ao lado do amor de minha vida momentos intensos que dão sentido a uma existência. (Zé, eu ti amo meu véio).

As pessoas sempre nos enriquecem...
umas quando chegam, outras quando se vão...

É assim que a vida acontece.

ah, tenho que dizer: ESTOU MUITO, MAS MUITO FELIZ!!!!

Parabéns para nós!

Postagens populares