06/09/2005

Fazer ou não a diferença faz diferença?

Tivemos uma discussão há alguns dias em nossa lista virtual do Cenáculo, sobre a questão do desarmamento...

Cada vez mais reforça para mim a noção de que os grandes problemas de nosso país (e mundo, consequentemente) passam pela esfera cultural.

Enquanto não desenvolvemos e aplicarmos a cultura da paz, não teremos reais mudanças em nossa realidade.

Mas como aplicar isso, como fazer a mudança, fazer a diferença?

Tem a velha história de que 'uma andorinha só não faz verão', mas se vc olhar para o lado, verá que não é uma andorinha sozinha, muitas pessoas partilham deste anseio de construir um mundo melhor.

Tem a historia do velhinho que todo final de tarde andava na beira da praia...

é uma história romântica, mas vale a pena incorporar sua moral:

Um jovem executivo resolveu tirar uns dias de férias em uma praia sossegada,
no amanhecer, ele saiu para caminhar e encontrou um velho, que andava vagarosamente,
ele recolhia estrelas do mar, que a maré trouxe durante a noite para a beira da praia, e as jogava de volta na água.
Eram milhares de estrelas... que irremediavelmente morreriam ali com a chegada do sol forte, e o esforço do velho não impediria a morte da grande maioria delas.

O jovem observou esta cena todas as manhãs.

No último dia de sua estadia, resolveu tomar coragem e abordar o velho, e dizer-lhe de seus esforços inúteis.

Ao se aproximar do velho, disse:
- Bom dia senhor, desculpe-me a intromissão, mas o Sr está perdendo tempo, este seu esforço não faz a menor diferença para estas estrelas todas, que morrerão aqui na areia.

O velho sorriu, abaixou-se, pegou uma das estrelas do chão, a jogou de volta no mar, olhou para o jovem e disse:
- Para esta, eu fiz toda a diferença.

E seguiu seu caminho, deixando o jovem sozinho, em um forte momento de transformação interior.

Tenhamos isso sempre em mente,
Fazemos sim a diferença!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

olhe... e comente...

Postagens populares