14/11/2006

sementes


Saiu o Semeador a semear
Semeou o dia todo
e a noite o apanhou ainda
com as mãos cheias de sementes.
Ele semeava tranqüilo
sem pensar na colheita
porque muito tinha colhido
do que outros semearam.

Jovem, seja você esse semeador
Semeia com otimismo
Semeia com idealismo
as sementes vivas
da Paz e da Justiça.
Cora Coralina

Semear amor... eis um bom propósito de vida, né?
eu ontem recebi uma apresentação, destas em power point, que falava da vida da Madre Tereza. Sabe... às vezes acho tão difícil fazer a diferença, fazer algo de eficaz e concreto pelo outro... daí vejo exemplos como o desta mulher, que na simplicidade do cuidado com o fraco, com o doente, falou de Deus, rompeu barreiras e fez ver que vale a pena ao menos tentar semear...
A Cora Coralina é outra mulher cheia de sensibilidade, brasileira, com uma escrita visceral, que nos convida a nos envolver com as sementes de paz e justiça.

Pensar em mulheres assim nos enche de coragem.
Para semear na terra fértil do nosso dia a dia.
Sem grandes espetáculos...
Sem som alto, nem holofotes...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

olhe... e comente...

Postagens populares