27/10/2008

sobre gente que pergunta...

Amiga, você está doente? Te pergunto porque eu vi sair um médico da
sua casa, esta manhã...
- Olha, minha querida, ontem eu vi sair um militar da sua e nem por
isso você está em guerra, não é verdade?
***
 
Um pouco de humor prá começar a semana.
Tendência do dia: Tolerância Zero.
 
Estamos em implantação de novo parceiro de benefícios aqui na empresa, hoje vai ser um dia daqueles.
Tenho aula hoje - Pensamento Social Cristão - e o professor vai desencavar doutrina da Igreja, é mole?!
O maridão vai viajar, vai pra Erechim - volta só na sexta.
 
Então, só apelando prá um pouco de humor prá não ficar só na 'Tolerância Zero'.
 
***
 
Falando em humor - a gente morre e não vê tudo, né?
Ontem eu ouvia um pouco dos notíciarios, prá ficar por dentro da conjuntura política do país. Ando meio repunada de política, mas viver alienada também não é possível, temos que nos inteirar, senão não tem como pensar ou propor alternativas.
Enfim...
Numa destas ouvi uma declaração do presidente Lula, sobre a questão de ajudar financeiramente os bancos.
Ele dizia mais ou menos assim: "não tem graça despejar dinheiro em instituições bancárias. Ficam dizendo que estou propondo estatizar, e não é isso! Proponho em vez de deliberadamente dar dinheiro, sem garantia nenhuma... que o governo compre ações dos bancos, assim teria pelo menos uma certa garantia. Então quando o banco se recuperar, vende as ações e tem o dinheiro de volta para investir em outras prioridades."
Pensando no que está acontecendo na Europa e nos EUA, quase me levantei pra´aplaudir de pé.
Um pouco de vergonha na cara e respeito com o contribuinte não faz mal a ninguém.
Não acho graça nenhuma nesta história de socializar o prejuízo dos bancos, enquanto durante o tempo que as instituições deram MUITO lucro, este era todo privatizado.
Quer socialiar o preju??? socializa o lucro também...
Vamos nos respeitar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

olhe... e comente...

Postagens populares