03/07/2009

"Se, como dizia Arturo Paoli em um retiro, orar é freqüentar o Senhor Jesus, eu acho que em todos estes sofrimentos, preocupações, angústias, nesta luta e inclusive nestas contradições, freqüento insistentemente o Senhor Jesus. Apelando a ele, vivendo sua Páscoa, sentindo sua cruz, reclamando a força de sua Ressurreição. Buscando sua Palavra e seus gestos como chaves de interpretação. Cantando também. Uma grande oração minha é o canto; o canto com o povo ou sozinho, em diversos momentos, inclusive nas longas viagens de ônibus, contemplo e canto. As vezes alguém pensará que sou doido, embora não cante a pleno pulmão, é claro, mas com voz discreta. Fiz-me algo teilhardiano e comungo com a natureza e com a presença universal de Deus em tudo e em todos os seres. Diante da festa belíssima e ultrajada natureza, sinto a unidade e a presença de Deus. Antes eu achava que a contemplação não era para mim, mas agora eu estou cada vez mais dentro".
 
Dom Pedro Casaldáliga - profeta do Araguaia
 
- quero ser assim, olhar o mundo, olhar o céu... e comungar com o criador -
 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

olhe... e comente...

Postagens populares