16/12/2005

férias


Ah, que coisa bem boa
aliás, duas coisas boas,
meu amor volta hoje (chega amanhã de manhã...)
e minhas férias também!!!

bah, eu precisava muito deste tempo, de desacelerar um pouco.

Ontem a Keka teve lá em casa, foi bom a gente conviver... conversamos sobre as coisas simples da vida, tocamos violão, cantamos... rimos vendo o programa da record que mostra os recordes... (tinha uma mulher q jogava os olhos prá fora do rosto... sem comentários).

Hoje to colocando os últimos pingos nos is aqui no trabalho, já com a previsão de ter uma demanda ainda maior em janeiro.... mas isto é no ano que vem, e não vou me incomodar com isto agora.

Quero mais é saber de me preparar para este Natal, e para acolher o 2006 da melhor maneira possível.

Vou procurar atualizar este blog, gosto deste espaço...
Beijo a todos, e Boas Festas!

15/12/2005

convivência

hoje fui almoçar com os colegas, no restaurante São Borja
coisa bem boa

foi legal conviver...
e foi legal comer o mousse de maracujá também... hehehehe

tem uma colega que deixa a equipe hoje, a Tânia
tão quietinha, aprendi a gostar dela aqui no RH...

A Tânia vai deixar saudades, pode crer.

Bom, to correndo contra o tempo hoje, quero deixar tudo em dia prás férias!

Que venha logo o final de semana!!!

13/12/2005

Amizades

"É preciso que as diferenças não diminuam a amizade
e que a amizade não diminua as diferenças".
Simone Weil, filósofa, FRA, 1909-1943

Esta moça sabia das coisas... devia ter boas amigas também!

Ontem fiz uma experiência diferente... fiquei sozinha, e minhas previsões estavam certas, foi muito bom. Bom curtir o silêncio da nossa casa... foi uma 'experiência libertadora'.
Falando em experiências libertadoras... ontem participei da reunião de planejamento da capela para 2006, foi muito bom planejar juntos, e me deixar motivar por gente tão simples, e cheia de vontade de crescer, de fazer juntos. Eu precisava muito disso...
Creio que 2006 vai ser um ano de muitas realizações, muitos desafios, mas acima de tudo, de muito crescimento. Temos um desafio com a metodologia de trabalho com os adolescentes, há a esperança de trazermos em parceria com a paróquia vizinha a Infância Missionária para nossas crianças...
A liturgia está cada vez mais viva na comunidade...
Enfim, 2005 se vai, mas deixa belas sementes para germinar e frutificar no 2006 que está chegando.

Ainda sobre amizade... ontem convivi na reunião com a Kekinha, tava com saudades... e hoje encontrei uma das minhas pérolas mais preciosas... a Carminha...

Nada melhor no mundo do que dividir a vida com pessoas que sabem dividir o amor... Quero ser assim também.

12/12/2005

amor

que sentimento gostoso
de paz
plenitude
confiança
carinho
respeito
cuidado

Obrigada Pai do Céu, por me proporcionar neste mundo, conhecer o amor desta forma tão linda...

To muito feliz!

* mesmo que fique sozinha nesta semana, pq o zé vai viajar, meu coração tá em paz, e minha alma tá feliz... não pensei que fosse viver isto... amor que liberta, que cura, que faz a gente crescer... *

09/12/2005

hoje uma oração apenas...

Senhor, fala ao meu coração,
vem com tua ternura,
com a gentileza dos teus gestos
que não impõem nada às minhas decisões,
com atenção aos detalhes,
como sabes fazer,
com a divertida ironia
com que me levas na flauta,
com a decisão de quem sabe
dos seus interesses
mas conhece meu coração e perdoa.


Chegas silencioso
porque nunca te percebo,
revolucionário,
porque em silêncio
mudas as cartas e viras o jogo na mesa.


Vem me fazer companhia
para que juntos consigamos amá-lo,
esse nosso Pai,
com todo o coração,
com todo o intelecto,
com toda a vontade.


Rezar é pensar em Deus, amando-o.

Charles de Foucauld

02/12/2005

receitas

to copiando receitas pro meu caderno,
que coisa boa...
mas vou confessar uma coisa, prefiro fazer as coisas mais no instinto do que por receitas,
isso vale não só para a comida, mas para tudo, incluindo relacionamento e trabalho.
Não que não acredite nas receitas...
mas penso que o coração entende mais destas coisas,
e a velha intuição, que norteava a 'nonna' lá no interior, há 50 anos atrás
ainda quer nos nortear,
nós é que não lhe damos ouvidos.

Ah, como é difícil a arte de silenciar...

e no entanto, é só silenciando que conseguimos ouvir o nosso coração, a nossa intuição...

Estou com vontade disso... de ter um tempo para descansar, para silenciar,

para fazer coisas simples como
ouvir
tocar
dormir
ficar
sentir
calmar
cantar... e até mesmo
escrever...

quem sabe encontre este tempinho no final de semana?

30/11/2005

pacto

fiz um pacto comigo
de me descobrir
caminhar
sorrir
chorar
falar
viver
ser
curtir
sentar
contemplar
cheirar
provar
tocar
resolver
conversar
curar
perdoar
viver
viver
viver
...

isso eu espero de mim, que reescreva a cada dia a minha história, ao lado do homem que eu amo, ao lado da minha família que foi e é meu conforto e sustento, e junto dos meus amigos que são minha alegria. Seguindo este Cristo que é meu tudo, fazendo deste mundo um lugar mais doce, mais sincero e feliz.
Andando em frente,
e sempre olhando o céu.

29/11/2005

papinho de amiga

as vezes os amigos estão tão perto, outras vezes longe demais.
Quando insistimos em ficar curtindo o tempo difícil, sem nos permitir olhar prá cima, pro lado, e ver as soluções, as coisas não saem mesmo do lugar.
Perder-se em si mesmo é algo que fazemos sem mesmo perceber.
Afinal de contas,
quem sou eu?
quem eu era, quem estou sendo, ou quem quero ser?

quem eu era já era,
quem quero ser não sou.

O presente - as ações - os sentimentos - os sonhos - a vivência do presente é que determina nosso ser.

Somos (à imagem e semelhança de Deus) aqueles que somos.

Um papinho entre um café e outro, hoje pela manhã, falou com a mulher que há aqui dentro, e que está buscando ser apenas ela mesma.

Não o outro, não o que os outros acham que deveria ser, mas o que ela é de verdade.

Eis o próximo passo, descobrir quem sou de verdade.

"Não somos seres humanos vivendo uma experiência espiritual,
somos seres espirituais vivendo uma experiência humana."
Teilhard de Chardin

24/11/2005

pausa

"A vida necessita de pausas"

Carlos Drummond de Andrade

Gostei desta frase, eu gosto muito do Drummond,
há momentos em que precisamos desacelerar.

Infelizmente nossa rotina diária de trabalho está se tornando cada vez mais agitada,
vejo isso aqui, é até difícil de explicar ou entender,
mas a cada dia o que antes era relativamente fácil, se torna cada vez mais arrastado, burocrático, cheio de instâncias de aprovação, com milhares de dados, indicadores, formulários, variáveis...

A tecnologia que deveria nos servir, nos coloca a seu serviço. Passamos a maior parte do tempo alimentando os sistemas de informações.

Bom, este pode ser apenas um anseio pessoal, o de curtir um pouco mais a vida, o silêncio, o contemplar...

Sabe... o Drummond tinha razão,
a pausa é necessária.

Ter um tempo ocioso, tempo de conviver, de relaxar, de se permitir não fazer nada.

Ontem a liturgia apresentou um salmo que falava assim: "obras do Senhor, bendizei ao Senhor... louvai-O e exaltai-O pelos séculos sem fim"... como bendizer ao Senhor, se não temos tempo de contemplar sua criação?

Simplesmente se permitir observar e sentir com o coração!!!

23/11/2005

sonhos

Os grandes homens são sonhadores.
Vêem mesmo com a suave neblina
de um dia de primavera ou no céu
avermelhado de uma longa
tarde de inverno.

Alguns deixam que estes grandes
sonhos morram, mas outros
os alimentam e os protegem,
cuidam deles até levá-los ao calor do sol,
que sempre chega para aqueles que esperam sinceramente que os sonhos
se tornem realidade.


Woodrow Wilson
in: ''Palavras mágicas sobre os sonhos''

22/11/2005

bonito

Há Coisas Bonitas na Vida

Bonitas são as coisas vindas do interior,

As palavras simples, sinceras e significativas.
Bonito é o sorriso que vem de dentro,

O brilho dos olhos...
Bonito é o dia de sol depois da noite chuvosa

Ou as noites enluaradas de verão em que todos saem de casa.
Bonito é procurar estrelas no céu

E dar de presente ao amigo, amiga, namorado...
Bonito é achar a poesia do vento, das flores e das crianças.
Bonito é chorar quando se sentir vontade

E deixar que as lágrimas rolem sem vergonha ou medo de crítica.
Bonito é gostar da vida e viver do sonho.
Bonito é ser realista sem ser cruel,

é acreditar na beleza de todas as coisas.
Bonito é a gente continuar sendo gente em quaisquer situações.
Bonito é você ser você.

Letícia Thompson

Bonito é viver, ter amigos, família, amor e fé!
Beijo a todos,
e muita luz... vinda de um dia ensolarado nos pampas gaúchos!


16/11/2005

Reencontrar

Bah
to muito feliz

hoje, depois de tantos anos, retomei contato com a Elinete,
ela me achou no orkut!
Q maravilha esta internet...

Elis... agora a gente não se perde mais!

To muito feliz por reencontrar você!

e cheia de novidades... hehehe

14/11/2005

Redenção

ô coisa boa
sair com os amigos e dar boas risadas...

sexta feira foi um dia legal, o Zé instalou a pia... q querido...

a noite recebemos visitas muito queridas,
o Negão e a Sheila, com a Wanessa...
a Desa (passou meio que correndinho, mas foi tempo suficiente prá experimentar o vinho que o Negão trouxe... tri bom... foi prá casa com a carinha rosada... hehehe)
o Diego, a Beti e a Fabiana...
superlotou a casinha! e tava bem tri
até a hora em que eu cortei o dedo, confundindo com um tomate pra´cobertura da pizza... mas ficou tudo bem!

Sábado foi bem mais tranquilo, fomos na missa... tb tava legal, encontrei a Élen e o PX, q eu tava com saudades... e o Diego e a Emili... bom ver mais gente do grupo na missa... bem bom.

Domingo fomos com o Jorge e a Andresa (a do Jorge.. hehe) pro Brick da Redenção!

Enfim, acho que a palavra do final de semana é esta: Redenção!
coisa bem boa

Que este feriado seja igualmente doce!

11/11/2005

acima de tudo

No essencial, unidade;
no secundário, liberdade.
Mas, acima de tudo, caridade.

Santo Agostinho

Grande Santo Agostinho...
gosto de outra dele:

"Ama, e faze o que queres"

Hoje to mais feliz, apesar de estar um pouco apreensiva com a cirurgia do meu pai, que é simples, mas cirurgia é sempre cirurgia... sabe como é...

O final de semana vai ser lindo, eu ouvi a previsão do tempo (com o prof. Eugênio Hackbarth)... e ele disse que vai fazer um final de semana lindo.

Vamos ver se o tio é fera ou não...

08/11/2005

Amigos

São tão amigos, que voltam.
São tão fraternos, que se unem.
São tão simples, que cativam.
São tão desprendidos, que doam.
Os amigos

São tão necessários, que sempre se fazem presentes.
São tão grandes, que se distinguem.
São tão dedicados, que edificam.
São tão preciosos, que se conservam.
São tão irmãos, que partilham.
São tão sábios, que ouvem, iluminam e calam.
Os amigosSão tão raros, que se consagram.
São tão frágeis, que fortalecem.
São tão importantes, que não se esquecem.
São tão fortes, que protegem.
São tão presentes, que participam.
São tão sagrados, que se perenizam.
São tão santos, que rezam.
São tão solidários, que esquecem de si mesmos.
São tão felizes, que fazem a festa.
Os amigos
São tão responsáveis, que vivem na verdade.
São tão livres, que crêem.
São tão unidos, que prosperam.
São tão amigos, que doam a vida.
São tão amigos, que se ETERNIZAM.

Viver na verdade,
crer,
edificar,
estar presente...

Tão diferente de apontar e bater...
hoje to triste... espero que isso passe logo...
Ruim quando a gente se sente descartável e incômoda para pessoas tão importantes na nossa vida.
Crescer é aprender a lidar com isso?

Deixar de ser "parceira de festas" tem este preço?
Querer ser feliz, e encontrar o seu caminho tem este preço?

Preciso ler um autor bem depressivo, prá me sentir um pouco melhor...
Vou assistir a 'Paixão de Cristo', quem sabe...

- q fase... Sílvia... manda este tal de Saturno pros quintos dos infernos, por favor, já tô de saco cheio com esta m. de volta q vc me falou!!! -

07/11/2005

Temporal

“a noite encobre o dia, e assusta a peonada
Cavalos galopam loucos pelo campo em disparada!
Curvam-se as macegas como quem faz reverência
Credo em cruz, meu Deus, que tempo feio...

Depois do temporal as folhas tem cor especial
Homens e animais ficam serenos e lavados de todo o mal...”


Nossa... que baita temporal desta sexta feira. Eu e o Zé tínhamos ido ao supermercado, e quando saímos demos de cara com aquele tempo feio... pegamos o maior chuvão da parada até nossa casa.

Jantamos à luz de velas... hehehe... não foi o romantismo que imaginávamos para nosso primeiro jantar a luz de velas, mas pelo menos foi quentinho e sequinho, dentro de casa!

Como diz a música... depois do temporal as folhas tem tom especial!
Tivemos um final de semana muito gostoso!

Sábado recebemos nossa primeira visita, à tarde... a mãe, a Morgana e o Eduardo vieram tomar chimarrão com a gente.
Sábado a noite, nosso primeiro amigo para jantar: o Dagmar.
Tocamos violão até as 2 horas da manhã, ô coisa boa...
No domingo recebemos uns amigos muito queridos, de Gravataí: o Bruno, a Fernanda e o João... fizemos o fechamento dos detalhes para o CDL de Gravataí.

Enfim, com aquela chuvinha, a tarde de domingo foi embalada com muito soninho... assistimos o jogo do Timão (7 a 1!!!) e a finaleira foi a visita da Kekinha para o café de domingo!

Enfim, foi um final de semana de paz e sossego, depois de muito tempo!

03/11/2005

cansadinha

mas com um cansaço diferente...
por isso faço este post em "cor de rosa",

um rosa tranquilo, de quem está em uma 'pacífica felicidade', se é que este termo existe..

Pois bem, ontem fizemos nossa mudança, estamos finalmente na nova casa...

Muito bom este momento de nossa vida, onde construirmos juntos algo para a vida inteira.

Muito mais do que um 'ajuntamento de móveis e eletrodomésticos', é um 'ajuntamento' de sonhos, de esperanças, de pequenas e grandes realizações...

Que Deus esteja conosco neste nosso caminhar.

Ontem a noite, durante nossa oração, repetimos as palavras dos discípulos de Emaús:
FICA CONOSCO, SENHOR.

Amém

01/11/2005

o q eu tenho em comum com Dom Sinésio?

fiquei feliz ontem,
encontrei este artigo, e vi que não sou a única a me preocupar com isso...
perder tempo, neurônios, e paciência com o comportamento da juventude diante do compromisso...

olha só o que diz o Dom:

*****************************
Evangelização da juventude
30 de outubro de 2005
Dom Sinésio Bohn
Bispo de Santa Cruz do Sul

Uma família firmemente vinculada à comunidade eclesial tem um problema: os dois filhos mais novos são ótimos, acreditam em Deus, mas se negam a participar das celebrações de fé da comunidade.
A mãe está triste, o pai acha que é crise retardada da adolescência, os jovens não estão nem aí! O pároco, antes entusiasta da Pastoral da Juventude, diz que não suporta mais a imaturidade da nova geração. Ele nem desconfia que está velho e fora da cultura atual.
E o bispo? É novo, tem seu próprio movimento espiritualista e não acha que é pecado matar grupos de jovens só porque não levam a sigla de sua predileção.
E a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil? Decidiu assumir como tema central da 44ª Assembléia Geral, em 2006, o assunto: "Evangelização da Juventude".
O Conselho Permanente nomeou uma comissão encarregada de preparar o tema, com uma orientação clara: "O tema precisa levar em conta a grande parte dos jovens não-evangelizados ou não relacionados com a Igreja e a ação eclesial".
Pergunta ainda qual o vínculo com as Diretrizes da Igreja no Brasil e com o Projeto Nacional de Evangelização.
Para completar a moldura, em 2007 o Brasil há de sediar a V Conferência do Episcopado Latino-Americano, com o tema: "Discípulos e missionários de Jesus Cristo para que nele nossos povos tenham vida". E o lema: "Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida". Sem esquecer que o próprio Papa Bento XVI confirmou sua presença em Aparecida do Norte, lugar da V Conferência.

Como oferecer o Evangelho à juventude mais interessada em aprofundar relações humanas, do que em transformar a sociedade? Mais sensível à religião como fermento espiritual, do que vínculo com a Igreja organizada? Mais atraída por movimentos dinâmicos e emocionais, do que por projetos eivados de racionalidade e de compromissos institucionais?

Há um outro desafio não pequeno: O Papa Paulo VI, falando sobre a evangelização, diz que a Igreja "tem sempre necessidade de ser evangelizada, se quiser conservar jovialidade, alento e força para anunciar o Evangelho" (EN, 15). Significa que a Igreja, no mínimo, deve estar disposta a escutar a juventude, auscultar com simpatia seus valores, olhar com o coração seus clamores e respeitar seu modo de ser e de vivenciar a sua fé.
Em Brasília houve um seminário em preparação ao projeto de evangelização da juventude.
Vi que bispos, presbíteros, irmãs religiosas e leigos adultos ouviram atentamente o testemunho e as sugestões de jovens.
Parecia o jovem Isaías falando a seu povo. Fiquei feliz e otimista.
A profecia ainda não está calada e ainda está sendo escutada.

***

Salve Dom Sinésio!
Que tenhamos muitos Isaías a gritar pela juventude, para que consigamos vencer a apatia!!!

31/10/2005

cansada

To cansada hoje...
dia estressante,
muito desgastante.

Mas vai ficar tudo bem.

Bj

27/10/2005

docinho

hummm... experimentei um docinho de mamão... coisa bem boa!

voltei com este propósito, de experimentar coisas novas...

Nem todo tipo de coisas, mas o que não pode me fazer mal.

Gente nova, sabores novos, jeito novo...

Como diz o Tiago de Mello... "não tenho caminho novo, o que há de novo em mim é o jeito de caminhar"...
já usei esta frase por aqui, mas é bem o que to vivendo.

Amando muito, muito feliz,
norteando minha vida no amor,
e seguindo em frente.

mas voltando às coisas novas... vou começar hoje mesmo meu caderno de receitas,
além de comidinha, vou colocar alguma coisa de artesanato por lá...
To descobrindo minha 'veia artística'...

Nossa casinha vai ficar um xodó, amore mio!

26/10/2005

chama

Quatro velas estavam queimando calmamente.
O ambiente estava tão silencioso que podia-se ouvir o diálogo entre elas.
A primeira disse: Eu sou a Paz!
Apesar da minha luz as pessoas não conseguem manter-me acesa.
E diminuindo sua chama devagarzinho, apagou-se totalmente.
A segunda disse: Eu me chamo Fé!
Infelizmente sou supérflua para as pessoas.
Por que elas não querem saber de Deus, por isso não faz sentido continuar queimando.
Ao terminar sua fala, um vento bateu levemente sobre ela, e esta se apagou.
Baixinho e triste a terceira vela se manifestou: Eu sou o Amor!
Não tenho mais forças para queimar.
As pessoas me deixam de lado, por que só conseguem enxergar elas mesmas, esquecem até daqueles que estão à sua volta.
E também se apagou.
De repente... entrou uma criança e viu as três velas apagadas
Que é isto? Vocês devem ficar acesas e queimar até o fim.
Então a quarta vela falou: Não tenhas medo criança,
enquanto eu estiver acessa podemos acender as outras velas.
Então a criança pegou a vela da Esperança
e acendeu novamente as que estavam apagadas.

24/10/2005

faxina

To em clima de faxina na alma.

Estranho conciliar tristeza com uma alegria tão grande...

"Para tudo há um tempo debaixo dos céus
prá você são os momentos... este tempo é todo seu...
Tempo para demolir... e tempo para construir..."

19/10/2005

Felicidade

Nossa vocação é a felicidade.
Mas ela tem mãe.
A felicidade é filha do bem.
Ninguém consegue fazer nascer a felicidade sem antes viver o bem.
(Gabriel Chalita)

Isso...
isso explica o vazio de muitas pessoas,
sem vivermos o BEM, nossa vocação maior
não há felicidade.

Por isso vale a pena lutar por ele, pelo Bem em cada momento de nossa vida, dando a ela sentido pleno de existir.

Viva a vida!
Salve o Amor!

14/10/2005

aprendendo a perdoar

- Ensina-me a perdoar -
pediu o discípulo ao Mestre
e esse lhe respondeu
"Se você não tivesse condenado,
não teria necessidade de perdoar".

Baita verdade... é tão fácil apontar os erros, dizer como as pessoas deviam se comportar, como as coisas deveriam ser...

Hoje a tarde vamos prá Salvador do Sul, prá mais um Cenáculo.

Que esta dimensão seja vivida... a do perdão, e da ajuda mútua.

Comum união...

12/10/2005

Dia das Crianças

OI
semana corrida..
o casamento do Jean e da Lu foi lindo...
a cerimônia muito tri, e as músicas então (ah, quanta modéstia...)

finalmente tomei coragem e ânimo prá esboçar meu chá de panela,
porque quem quer casa, precisa de coisas para a casa
e vai ser divertido...
agora SÓ FALTA a casa, e a data prá fazer a festa com as gurias...

O pai finalmente aposentou, o que nos deu um alívio, pq a graninha extra pagou algumas pendências... e isso faz a gente respirar melhor.. hehehe

hoje é dia das crianças... e me sinto uma criança, em alguns sentidos, porque vejo uma vida inteira cheia de possibilidades e oportunidades se desdobrar na minha frente.

Ah, e prá encerrar a maratona da semana, neste findi tem o Cenáculo!!!

ah, como é bom viver,
como é bom ter amigos, um amor maduro, uma família...

obrigada Papai do Céu
porque és tão bom
e me amas tanto!

:D

05/10/2005

Casamento

olha que lindo...
pro casamento do Jean e da Luciani:
dá até vontade, né?

Agora, convido vocês, caors noivos Jean e Luciani, a darem as mãos e firmarem a sagrada aliança do Matrimônio, manifestando publicamente o seu consentimento.

Jean: Eu Jean, recebo você Luciani, por minha esposa

Luciani: Eu Luciani, recebo você Jean, por meu esposo

Jean: e lhe prometo ser fiel

Luciani: amar e respeitar você

Jean: na alegria e na tristeza

Luciani: na saúde e na doença

Jean: nas conquistas e nas dificuldades

Luciani: no trabalho e no descanso

Jean: nos passeios e na rotina

Luciani: na proximidade e na distância

Jean: na amizade e nas discussões

Luciani: em nosso lar ou em qualquer lugar

Jean e Luciani: por todos os dias da nossa vida!

********
Muito lindo, vamos cantar no casório neste sábado.
Segunda eu conto as novidades.

Beijo...

04/10/2005

chove chuva

chove sem parar...

hoje eu vou fazer uma prece, prá Deus, nosso Senhor
prá chuva parar de molhar, meu divino amor...

ah, hoje este clima nostálgico de chuva me deixou nostálgica também.

To precisando de um retiro,
do mundo, no caso.

Beijo amigos

29/09/2005

Paciência

Composição: Lenine e Dudu Falcão

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
A vida não para

Enquanto o tempo acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora vou na valsa
A vida é tão rara

Enquanto todo mundo espera a cura do mal
E a loucura finge que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência

O mundo vai girando cada vez mais veloz
A gente espera do mundo e o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência

Será que é o tempo que lhe falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber
A vida é tão rara (Tão rara)

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Mesmo quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para(a vida não para não)

Será que é tempo que me falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber
A vida é tão rara (tão rara)

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para(a vida não para não...a vida não para)

27/09/2005

Amigo Velho

Pode haver nada mais confortável neste mundo do que um amigo velho?
Não tem surpresa conosco, mas também não espera de nóso que não podemos
dar.
Não se escandaliza com o que fazemos,
não se irrita, ou, se se irrita, é moderadamente ...
Não precisaa gente lhe explicar nada,
o mecanismo de novos interesses e até o mesmo de novos amores,
porque o velho amigo conhece todos os nossos mecanismos.
Mas, além dessa capacidade de compreensão quase infinita,
se o amigo velho nos é acima de tudo precioso
é porque preciosos também somos nós para ele.

Raquel de Queirós.


Amo meus amigos... são irmãos que a gente escolhe!!!

16/09/2005

o amor e a liberdade

Ama
ama e faze o que queres.

(Santo Agostinho)

nada melhor do que a sensação de liberdade que um amor nos dá.

Principalmente o amor próprio...
hehehe

Beijoca,
E bom final de semana pros amigos.

13/09/2005

o Amor e o poder

“Como uma deusa você me mantém
E as coisas que você me diz, me levam além”
Acreditem, ouvi esta música hoje!
Em um programa ‘revival’ na rádio Pop Rock..

Vou aproveitar para divagar um pouco, sobre o poder que o amor (eros) nos dá.

Este refrão é muito interessante.

Como uma deusa, você me mantém...

É a mais pura verdade, quando estamos amando e sendo correspondidos,
nos sentimos cheios de ‘poder’,
podemos tudo!
Não temos medo de nada,
e isso nos faz parecidos com deuses...
Talvez por isso a melhor definição de Deus é Amor.

E as coisas que você me diz, me levam além...

As palavras da pessoa amada nos estimulam a ir além dos nossos próprios limites,
a segurança de saber que não se está sozinho é fundamental para não ter medo de caminhar... de ir além.

Que todos tenham nesta vida um amor verdadeiro,
Que nos permita superar os próprios limites.

06/09/2005

Fazer ou não a diferença faz diferença?

Tivemos uma discussão há alguns dias em nossa lista virtual do Cenáculo, sobre a questão do desarmamento...

Cada vez mais reforça para mim a noção de que os grandes problemas de nosso país (e mundo, consequentemente) passam pela esfera cultural.

Enquanto não desenvolvemos e aplicarmos a cultura da paz, não teremos reais mudanças em nossa realidade.

Mas como aplicar isso, como fazer a mudança, fazer a diferença?

Tem a velha história de que 'uma andorinha só não faz verão', mas se vc olhar para o lado, verá que não é uma andorinha sozinha, muitas pessoas partilham deste anseio de construir um mundo melhor.

Tem a historia do velhinho que todo final de tarde andava na beira da praia...

é uma história romântica, mas vale a pena incorporar sua moral:

Um jovem executivo resolveu tirar uns dias de férias em uma praia sossegada,
no amanhecer, ele saiu para caminhar e encontrou um velho, que andava vagarosamente,
ele recolhia estrelas do mar, que a maré trouxe durante a noite para a beira da praia, e as jogava de volta na água.
Eram milhares de estrelas... que irremediavelmente morreriam ali com a chegada do sol forte, e o esforço do velho não impediria a morte da grande maioria delas.

O jovem observou esta cena todas as manhãs.

No último dia de sua estadia, resolveu tomar coragem e abordar o velho, e dizer-lhe de seus esforços inúteis.

Ao se aproximar do velho, disse:
- Bom dia senhor, desculpe-me a intromissão, mas o Sr está perdendo tempo, este seu esforço não faz a menor diferença para estas estrelas todas, que morrerão aqui na areia.

O velho sorriu, abaixou-se, pegou uma das estrelas do chão, a jogou de volta no mar, olhou para o jovem e disse:
- Para esta, eu fiz toda a diferença.

E seguiu seu caminho, deixando o jovem sozinho, em um forte momento de transformação interior.

Tenhamos isso sempre em mente,
Fazemos sim a diferença!

18/08/2005

Pré findi

BAH
tá um friozinho tão gostoso aqui nos pampas gaúchos...
Pena eu não ter tido o bom senso de pegar um casaco.

mas para aquecer a tarde
deixo aqui um lindo poema, sobre poema... hehe
do Quintana

OS POEMAS
Os poemas são pássaros que chegam

não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro,
eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso nem porto;
alimentam-se um instante em cada
par de mãos e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhado espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti...

Mario Quintana - Esconderijos do Tempo

12/08/2005

To feliz!!!



Será o sol?
Será o dia light de hoje?

Será a boa noite de sono?

Não importa, o que importa é que tem um lindo final de semana pela frente,
hoje vou ver meus amigos (tem uma janta na casa da Juliana), é dia dos pais no domingo...

Parabéns a todos os pais!!!

11/08/2005

Atual conjuntura

Estas palavras sempre me fazem lembrar do "Samba do Crioulo Doido"
acho que agora sim, o crioulo endoidaria de vez...

Acabo de passar por uma auditoria da ISO, o relaxamento da 'pós auditoria' fez aparecer as dores de tensão nas costas.

resolução da manhã: "hoje vou dormir cedo"

acho que é isso que tá me faltando
uma boa noite reparadora!

Falando nisso, olha eu com cara de sono,
tava ociosa, sozinha no hotel em São Paulo,
no outro dia iniciaria o work shop de comunicação do qual participei...

To mais ou menos com esta carinha de sono agora.

a diferença é que tenho que aguentar até a tardinha prá poder descansar...

06/08/2005

Concluindo a série...

Posso dizer com segurança, que não seria quem sou hoje (um ser em construção) se não tivesse optado por crescer em comunidade.
A comunidade (os grupos e movimentos de juventude) me desafiaram
e me desafiam ainda hoje,
a crescer como pessoa humana.

Todo dia traz o novo.

Todo dia renova-se o anseio de aprender, de crescer,
de ajudar, de fazer alguma diferença neste mundo.
Hoje estou com 28 anos. Segundo a ONU, não sou mais jovem.
Mas segundo o que tenho vivenciado desde que comecei a participar deste ‘mundo dos jovens’, sinto a cada dia mais forte a certeza que juventude realmente é um estado de espírito.
Estou me tornando uma adulta com ‘juventude acumulada’,
sempre que tento preservar a dimensão da autenticidade,
da intensidade típica da adolescência.

Crescer é buscar o alto, é olhar para o céu,
na certeza que temos um caminho,
que temos um Deus que nos acompanha e nos guia neste caminho,
e que temos todas as condições necessárias, para juntos, o trilhar com alegria.

"Não, não tenho um novo caminho.
O que tenho de novo é o jeito de caminhar."

(Tiago de Mello)

01/08/2005

Desafios do crescimento/amadurecimento

Aqui iniciaria uma lista de desafios que considero parte da dinâmica natural dos grupos,
não só grupos de jovens, mas grupos de pessoas, em geral.
Sempre que houver liderança e caminhada,
haverá certos papéis que serão desempenhados por membros destes grupos (passivo, dominador, permissivo, paternalista)
e também etapas da caminhada e amadurecimento destes grupos (formação, euforia, crises, renovação).
Vou falar da fase mais difícil do trabalho em grupos (especialmente nos grupos de juventude),
ao menos pra mim,
que é a assessoria.

Saber o momento certo de tomar as atividades nas mãos,
e o momento certo de soltar as coisas, para que outro a conduza:
este é o que há de mais difícil de se aprender.
Por mais que a caminhada com a juventude tenha me concedido ensinamentos que realmente valem ouro, e os quais levo para toda as dimensões da minha vida (trabalho, casamento, família, estudo), ainda hoje me deixa ‘sem chão’ quando o assunto é assessoria.
Talvez pelo excesso de zelo, desenvolvi uma tendência paternalista em relação aos grupos que participo, e há algum tempo tenho aprendido que o mais valioso e o mais gratificante é contribuir para a construção da autonomia das pessoas que caminham com a gente.

Mas soltar das mãos as ‘rédeas’ de estruturas que amamos,
é algo muito difícil de colocar em prática.
Aprendi a duras penas que o fio que separa o coordenador paternalista de um coordenador permissivo, é muito tênue.
Na ânsia de promover a autonomia, acabei soltando de vez algumas coisas,
e isso não é justo com as pessoas que ‘pegam’ estas coisas.
Aprendi que mais do que ‘deixar fazer’, é necessário ter um trabalho sistematizado,
onde além de identificar, os líderes (assessores) devem acompanhar,
trazer para caminhar junto, os novos líderes, para que, quando chegada a hora de ‘soltar as rédeas’ a liderança formada tenha segurança para conduzir as coisas.

Ser democrático de verdade não é nada fácil.

Mas é o único jeito certo de se fazer as coisas.

28/07/2005

Crescimento

“A quem muito é dado, muito será cobrado”.
Esta é uma máxima que trago comigo desde o começo de minha formação.
De nada adianta aprendermos, crescermos, se nosso conhecimento não se refletir em ações, e se estas ações não levarem outras pessoas a crescerem também.
Especialmente na dimensão da Fé. “Fé sem obras, é fé morta”, dizia Tiago.
Mas para que nosso aprendizado de fé chegue a dar frutos é indispensável que haja o crescimento desta fé, em suas três dimensões:
pessoal, com Deus e com a comunidade (sociedade).
Uma fé autêntica não se fecha em si mesma, mas nos coloca em movimento.

26/07/2005

Reflexos

Quando comecei a participar, comecei a colocar em prática o que estava aprendendo no grupo.
Convidei minha irmã a participar, e nós duas, conseguimos trazer muito do que aprendemos para nossa família.
Aprendemos juntas, erramos juntas, e amadurecemos juntas.
“Palavras comovem, exemplos arrastam”.
De nada adiantaria participarmos, se não aplicássemos ao menos parte do que pregávamos e acreditávamos em nossas vidas.
Felizmente, colhemos até hoje o resultado destes pequenos gestos, aumentou a liberdade com nossos pais, a afetividade entre nós irmãos, e entre pais e filhos cresceu enormemente em nossa casa.
Este é um dos principais frutos que colhemos participando dos grupos de juventude.
E não precisamos nem falar em grupos enormes, de caráter Diocesano, mas sim do grupo de base, simples, ali na comunidade, que nos apoiou, nos suportou para sonhar e partilhar das dificuldades e alegrias que surgiram destes sonhos.

21/07/2005

Afetividade

A geração de meus pais não foi educada para expressar afetividade.
Por mais que soubéssemos (eu e meus irmãos) que nossos pais nos amavam, a dimensão da afetividade em si, como o toque, o carinho, a manifestação do amor deles em gestos, nunca foi vivenciada em nossa família.
Com o amadurecimento das relações nos grupos, o processo de formação que experimentamos nos levou a questionar estas relações, estas manifestações.
E nos fez perceber que tínhamos todo o potencial para melhorar e desenvolver esta dimensão não só no nosso grupo vivencial, mas em nossa família.
O que aprendíamos nos grupos, rompia o limite das paredes da salinha da igreja, e ia conosco para nossa casa.
Ali aprendemos vivencialmente que não se separa fé e vida.

Nada mais prático do que uma boa teoria.

18/07/2005

Vínculos

O jovem precisa se identificar com o grupo, isso é fato.
Mas mais do que isso, para que haja um verdadeiro engajamento, ele precisa se sentir parte deste grupo, sendo necessário, sendo ouvido.
No meu processo de formação esta dimensão foi fundamental.
O líder do grupo do qual eu participava, sabia muito bem trabalhar isso nos participantes.
Logo eu estava com o senso de ‘propriedade’ bem forte, e logo também passei a assumir responsabilidades para com este grupo.
Esta dimensão de propriedade e vínculo foi essencial para meu desenvolvimento humano. Quando nos sentimos parte de algo, nossa afetividade fica diretamente vinculada a este algo, e isso nos coloca diante de conflitos que nos impulsionam ao crescimento pessoal.

Anseios

Anseios – desejo veemente.

É o desejo que nos move.
O desejo de ser feliz, o desejo de adquirir, o desejo de respostas, o desejo de A regra dominante na natureza é a SOLIDARIEDADE, não a rivalidade.
Quando na adolescência o principal anseio é o de encontrar, ou definir, a própria identidade.
Para isso é importante que o adolescente se identifique com outros adolescentes.
Todos buscam a convivência em grupo.
O jovem (aqui abandono a palavra adolescente, e passo a utilizar a definição JOVEM, pois vou colocar o papel do participante e dos assessores dos grupos, que também são jovens) anseia encontrar seu lugar no mundo, e isso se reproduz no grupo, nesta fase fica evidente a necessidade da formação dos vínculos.

14/07/2005

Adolescência

Há quem diga que esta é uma das fases mais difíceis da vida. Eu considero esta uma das fases mais lindas.
Como diria o bom e velho Padre Zezinho “um jovem custa muito pouco... só um pouquinho de amor”, e isso é a mais pura verdade.
Um jovem faz tudo intensamente.
Ama intensamente, odeia intensamente, se envolve intensamente e repudia com a mesma intensidade as coisas, situações e pessoas que não lhe agradam.
Lembro de minha adolescência, foi bem assim, com intensidade.
Queria respostas pra tudo, e principalmente queria algo que respondesse a infinidade de perguntas e anseios que havia em mim.
Fui convidada por uma colega de aula a participar do grupo de jovens da comunidade onde moro. Lá rapidamente fiz amizades que foram os vínculos que me mantiveram participando do grupo.
Logo em seguida começou o processo de amadurecimento, que segue até hoje.
Vou fala um pouco sobre a importância de cada um destes passos.

Eu - Introdução

OI POVO
Vou publicar aqui um trabalho que fiz na Unisinos, que fala do que os movimentos de juventude representaram e representam na minha vida.

Ajuda quem ler a me conhecer melhor.

Bom... vamos lá.

Introdução

“Deus nos deu asas maiores do que o ninho”
(provérbio hindu)

Vou falar um pouco sobre o que representam na minha vida os movimentos de juventude, sobre o que já vivenciei e amadureci dedicando parte do meu tempo a estas atividades.

01/07/2005

Motivos...

Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.
Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.
Se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
- não sei, não sei.
Não sei se ficoou passo.
Sei que canto.
E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
- mais nada.


Cecília Meireles

23/06/2005

Mafalda - bem meu tipinho

Gente, esta Mafalda não é D+????

Adoro ela!

Beijoca

Babi

Vida



"Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada.
Esta é a maior responsabilidade de nossa vida
e a prova de que duas almas não se encontram por acaso..."
Antoine de Saint-Exupéry, aviador, escritor, FRA, 1900-1944

15/06/2005

Perto demais de Deus

Tem gente perto demais de deus
tem gente que não deixa deus sozinho
e diz deus ilumine seu caminho
E guarda deus na cristaleira
cristo perto dos cristais
cristo assim perto demais
cristo já é um de nós
carne e osso, pão e vinho.
Tem gente que não deixa deus em paz
tem gente incapaz de viver sem deus
e o trata como um funcionário seu
deus me livre, deus me guarde, deus me faça a feira
cristo dentro da carteira
dez por cento rei dos reis
cristo um conto de reiso garçom não à videira.
Essa gente é o diabo e faz a vida de Deus um inferno.

Chico César

- gostei do texto... faz pensar...

:)

06/06/2005

sobre as rosas

"Foi o tempo que dedicaste à tua rosa que fez tua rosa tão importante."
-- Antoine de St. Exupery (in "O princepezinho")

Acho que as rosas nunca foram minhas flores preferidas.
Gosto de margaridas!
pela sociabilidade das margaridas... que mais do que flores, são comunidades de flores, assim como os girassóis.

Mas hoje quero falar de rosas.
Aliás, da figura de uma rosa.

Quem não leu o Pequeno Príncipe???
esta frase é tão linda...
doce, como todo o livreto,
e linda...

O que torna a rosa especial, foi o tempo que foi dedicado a ela...
E nós, quanto tempo temos dedicado às pessoas que amamos?

Muitas vezes nos queixamos de não ter relacionamentos produtivos,
ou mesmo termos poucos amigos neste mundão enorme de Deus...

Mas...
e nós estamos sabendo cultivar nossos amigos?

Assim como nossas rosas (e margaridas) precisam de cuidado para viverem o potencial de sua beleza, nossos relacionamentos precisam ser cultivados para serem tudo o que potencialmente podem ser.

Um grande desafio,
que se paga com a doçura e a beleza da rosa.

:)

Seja feliz!

Ame sem limites!

01/06/2005

Voltei

OI POVO
Estou de volta,
tive uns dias cheios ultimamente...
Mas agora a vida está voltando pros eixos.

To com saudades de vocês... bastante...

Deixo uma frase do Vinícius de Moraes

"Ama, porque nada melhor para a saúde que um amor correspondido."

Beijo

Babi

16/05/2005

to tristi

Não to a fim de papo hoje.

Mas ainda amo vocês.

09/05/2005

Aborto

estamos novamente na aula de Ética
quer dizer... eu deveria estar, mas não consegui ficar.
Olha, não sei de onde me vem esta baixa resistência à cenas 'fortes'...
Achei que era 'assustada' apenas para filmes de terror... mas na semana passada, passei muito mal assistindo um filme que o professor trouxe, em uma cena onde a protagonista em total desespero, tentava um aborto com uma agulha de tricô.
Fim de carreira.
Fosse eu espírita, acreditaria ser trauma de outra existência... hehe
Mas foi muito ruim a sensação... eu suei frio, tudo ficou escuro, pensei que fosse desmaiar... ainda bem que tenho bons colegas, abriram a janela e ficaram ali, de sobreaviso...
Mas enfim, isso é para explicar/justificar eu ter 'evadido' diante de um documentário hoje, porque estava cheio de pedacinhos de feto que foram sugados do 'seio materno'.
Acho que não aguentaria ver isso tudo.

Mas não assistir o documentário não significa que não refleti sobre o assunto.

Estava pensando na vida... vida enquanto Dom de Deus.

Uma das frases que mais ouvimos é que " a mulher tem direito sobre seu corpo",
mas isso daria direito também sobre o corpo do bebezinho?
É OUTRO corpo!!! mesmo sendo uma coisinha pequenina, é um ser humano em potencial, assim que ocorre a fecundação há alma, há vida, há dignidade.

Pena não haver voz,
porque sem voz, aí sim que não há vez mesmo!!

Tão triste a realidade do aborto...

Isso revela uma sociedade profundamente utilitarista.
Se o bebê não serve, não vai ser útil, não precisa viver...

Se ele incomodar então... daí merece mesmo morrer.

Onde nós vamos parar?

03/05/2005

de onde menos se espera...

... dali é que não vem nada mesmo!

falamos sobre isso no trabalho hoje,
um colega fez um 'ato estúpido' de imprudência e machucou bastante a mão,
foi feita uma alteração no mecanismo de segurança de uma das máquinas,
e ele ficou com uma mão livre enquanto a máquina se fechava
(o fechamento é lento prá caramba, demora um minuto, a um minuto e meio... é uma baita máquina)
e o cara ficou conversanto com os dedos dentro dela,
qdo viu... já era...
esmagou.

Vai se recuperar, não traumatizou muito,
mas a pura falta de atenção poderia ter lhe custado quatro dedos das mãos...

Quanta coisa mais importante nós perdemos por pura falta de atenção, não é verdade?
Perdemos a oportunidade de dizer uma palavra amiga,
perdemos a oportunidade de começar uma vida nova,
perdemos a chance de permanecer em silêncio,
de fazer nossa parte,
de não fazer nada, deixando os outros aprender conforme seu tempo...

ai ai
Que Deus nos permita prestar mais atenção no que nos cerca,
e que saibamos ser dignos desta liberdade de fazer nosso 'trabalho' de forma mais eficiente,
ao invés de deixar a máquina esmagar partes importantes de nossa vida.

(o que faz o RH com alguém, to conseguindo filosofar diante de um acidente de trabalho...)

Beijo, e boa semana.

Babi

27/04/2005

Sobre tempo, talentos e missão

Não pensei que fosse gostar tanto do que estou ouvindo de nosso Papa!
As palavras dele falam no coração, vêm trazer respostas a muitos de meusanseios.
Eu disse há alguns dias que estava me tornando reacionária com o passar dotempo. Hoje entendo melhor o que está acontecendo comigo: é apenas meucoração buscando as palavras simples que falam do Cristo, do jeito simplesdo jovem galileu, do jeito simples de Maria, do jeito simples de Javé.
Tudo é tão complicado neste mundo hoje, mil processos e procedimentos,manuais de instruções enormes, equipamentos cada vez menores fazendo cadavez mais coisas, a velocidade da informação nos enche de um pseudo-conteúdo,que na verdade serve apenas para deixa tontos e vazios diante do querealmente importa.
Ouvi a homilia de Bento XVI, na missa de abertura de seu pontificado.
A simplicidade de suas palavras, expondo e explicando a figura do pastor,que carrega sobre seus ombros as ovelhas perdidas, me fizeram lembrar o queme fez querer seguir este Cristo.
Diante do túmulo de Paulo, um dia depois da missa de abertura, Bento pedeforças para seguir com sua missão. E no seguimento de sua missão, sua voznos exorta a assumirmos nosso papel de missionários, assim como Paulo, oapóstolo das nações, que levou o nome de Cristo para todo lugar que seuspassos permitiram. Mais do que nunca as palavras LEVA-ME ONDE OS HOMENSNECESSITEM TUAS PALAVRAS devem saltar das costas de nossas camisetas e dascapas de quadrante e bloquinhos, para o mais íntimo de nosso coração, em umaprece diária que nos faça reviver o espírito apostólico.
É o tempo!
O tempo de revigorar nossos trabalhos, somando nossos talentos,tirando o Cristo da sacristia onde os movimentos normalmente se encontram, elevando-o para nossa vida, para tomar seu lugar!
Encerro com as palavras de Bento, um homem que, no mínimo, merece nosso votode confiança, e nossos ouvidos e corações bem abertos para suas palavras depastor.
"Não tenhais medo de Cristo! Ele não tira nada, concede tudo. Quem se dá aEle, recebe cem por um. Sim, abri, abri de par em par as portas para Cristo,e encontrareis a verdadeira vida."
Amém

18/04/2005

Desenvolvimento Sustentável

Hoje tive 'prova' de Ética.
Coisa mais antagônica, né?
Fazer uma prova escrita do que só se prova na prática...

Mas... falávamos de desenvolvimento sustentável, e de uma economia de decrescimento, o que é bem interessante.
Defendi a idéia de que uma é a continuação da outra.
Diante da nossa atual realidade, quando o consumismo faz com que tornemos nossa casa um depósito de coisas inúteis (muitas vezes nós mesmos o somos) e nosso planeta um grande depósito de lixo, é evidente que uma mudança de atitude é indispensável para a sobrevivência de nossa espécie - a longo prazo - e para uma melhor qualidade de vida para nós mesmos - a curto prazo.

Aprendemos que para ser felizes temos que ter muitas coisas... o melhor carro, o melhor computador, muita grana... e para isso trabalhamos feito loucos, não sobrando tempo para realmente sermos felizes...

Completamente lógico!
Absolutamente ignorado.

Como resolver isso?
sendo protagonistas desta nova cultura.
Segundo Roque Junges: INCULTURADAMENTE CONTRACULTURAIS!

é por aí o caminho...

fazer a nossa parte e despertar a consciência em quem quer apenas ser feliz neste mundo...

(e olha que nem foi preciso falar do Cristo... ele fica para o próximo capítulo...)

Beijinho, e boa noite.

Ah, estou ficando gripadinha... mais manhosa do que nunca...
garganta doendo e febril...
(e um tanto dramática também)
Beijinho quentinho de quem tá com febre...
Babi

13/04/2005

Sementes

O tempo corre veloz e a vida escapa das nossas mãos.
Mas pode escapar como areia ou como semente.
Tomas Merton

Tão difícil deixar as coisas escaparem das mãos...
mas é o único jeito de semear, não é verdade???

Eu tinha esquecido como pode ser dolorida a dor de um parto...

08/04/2005

Faz tempo que to quietinha

Bah, uma trabalheira só...
vou contar algumas das novidades...
Primeiro as novidades de páscoa:
o Zé veio passar a páscoa aqui comigo, o que deu um gosto especial pro evento...
Além disso, espiritualmente deu prá entrar bem no espírito da coisa, fizemos uma vigília de quinta para sexta feira, e foi muito bom, foram os jovens da comunidade, pouca gente, mas muito conteúdo.
Neste último final de semana,
- teve CDL
- foi meu aniversário
- o Papa morreu.
o curso tava muito bom, meu aniver comemorei durante vários dias, já que não pude estar com a família (preferi o CDL) e sobre o Papa nem vou falar nada, porque todo mundo já está prá lá de por dentro deste assunto né? fala sério.

Nesta semana as aulas começaram a ficar mais apertadas, isso que to fazendo só duas cadeiras...
imagina...
Quarta feira vou ter prova, tenho que ter lido dois livros (faço história, isso deve te fazer imaginar o tamanho dos livros) e não estou vendo tempo hábil prá isso... mas... vamos lá.

Ah, terça feira minha chefe me 'deu uns conselhos', e ajudou a realinhar meu futuro profissional, to cheia de idéias, e ela tá me ajudando a colocar em prática, especialmente no campo de treinamento.

O trabalho vai me tomar bastante tempo,
agora mesmo estou prá lá de cansada, mas não poderia ir direto prá casa,
tinha que 'desopilar um pouco' .
Amanhã (sábado) tenho catequese,
a tarde não vai ter grupo porque temos dirigentes no domingo.... em Ivoti... coisa bem boa!!!

Ah, é isso gente,
minha vida tá assim... tudo na santa paz...
com muito amor, bastante projetos interessantes...

AAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHH como que eu ia esquecendo de contar que estou 'enamorada' da PJ???

Nossa Diocese é um desafio especial, a ser encarado com muita energia neste 2005...

Bom, era isso por enquanto...
espero logo escrever mais,
quem sabe sobre o Império Romano???
hehehe
Beijinho

Babi

21/03/2005

poeminha para começar o ano astrológico

Espiritualidade

Walt Whitman

E farei os poemas do meu corpo
E do que há de mortal.
Pois acredito que eles me trarão
Os poemas da alma e da imortalidade.
E à raça humana eu digo:
-Não seja curiosa a respeito de Deus,
pois eu sou curioso sobre todas as coisas
e não sou curioso a respeito de Deus.
Não há palavra capaz de dizer
Quanto eu me sinto em paz
Perante Deus e a morte.
Escuto e vejo Deus em todos os objetos,
Embora de Deus mesmo eu não entenda
Nem um pouquinho...
Ora, quem acha que um milagre alguma coisa demais?
Por mim, de nada sei que não sejam milagres...
Cada momento de luz ou de treva
É para mim um milagre,
Milagre cada polegada cúbica de espaço,
Cada metro quadrado de superfície
Da terra está cheio de milagres
E cada pedaço do seu interior
Está apinhado de milagres.
O mar é para mim um milagre sem fim:
Os peixes nadando, as pedras,
O movimento das ondas,
Os navios que vão com homens dentro
- existirão milagres mais estranhos?

17/03/2005

Oração Celta

Que reconheças em tua vida a presença,
o poder e a luz da tua alma.

Que compreendas que nunca estás só,
que a tua alma, com seu brilho e vinculação,
te liga intimamente ao ritmo do universo.

Que tenhas respeito por tua individualidade e diferença.

Que compreendas que a conformação da tua alma é única,
que tens um destino especial aqui,
que por traz da fachada da tua vida
existe algo belo, bom e eterno acontecendo.

Que aprendas a ver-te com a mesma alegria, orgulho e expectativa
com que Deus te vê a cada momento.

Deus e a Ciência



"Admiro o gênio matemático que ordenou o universo (Einstein)"

Todos sabemos que Einsten acreditava em Deus,
é interessante observar nesta frase a comparação do Criador com um Matemático.
Ouvimos desde crianças que 'Deus escreve certo por linhas tortas'
talvez seja por isso...
Sua facilidade de organização em muito supera nossa capacidade de entendimento de seus projetos e sonhos.
Mas nem quero entender tudo mesmo...
quero apenas ser feliz, no meio destes números e fórmulas...

15/03/2005

Um dia vc vai servir a alguém

Você pode ser rei no país do futebol
Pode ser viciado em bingo e nunca ver a luz do sol
Você pode ser um mago e vender livros de montão
Pode ser uma socialite, enriquecer vendendo pão
Mas um dia vai servir a alguém, é
Um dia vai servir a alguém
Seja ao diabo
Ou seja a Deus
Um dia você vai servir a alguém

(trecho da música do Vitor Ramil)
Fui no show hoje
aliás, já contei prá todo mundo... hehehe
Tava muito bom,
sabe... fico pensando o que leva algumas pessoas a gostar de coisas como a "Tati quebra barraco"?
Nada pessoal com a moça, mas o teor das músicas é algo que dá dó.
Dó não... dor mesmo... de cabeça...
Enfim, hoje ouvindo aquela voz deliciosa (que me fez lembrar do meu amorzinho) cantando coisas da nossa terra, falando de amor, de coragem, de realidades que merecem nosso olhar...

Como a música acima, que copio um pedacinho... que fala de uma característica que é comum a todos os seres humanos, O SERVIR...

Temos a chance, a liberdade de escolher a quem servir.

Quando se serve a Deus, que é o Senhor da Vida, se têm a vida...
Tava lembrando disso, uma das primeiras coisas que se aprende na catequese... dobrar o joelho diante de Deus. E APENAS DELE.
Coisa linda...
gesto que liberta.
Como pode né?
em pleno anfiteatro, refletindo sobre a beleza de poder escolher a quem servir...

Ama, e faze o que queres!
Oiga-lê verdade bem dita!!!

Quando se ama (serve) a Deus, se é livre para fazer o que se quer, por que o que se quer fazer acaba refletindo sempre em vida e liberdade...

14/03/2005

Quem é vc???

Você é forte
quando pega sua mágoa e ensina a sorrir.
Você é corajoso
quando supera seu temor e ajuda os outros a fazer o mesmo.
Você é feliz
quando vê uma flor e se vê abençoado.
Você é amoroso
quando sua própria dor não lhe faz cego à dor dos outros.
Você é sábio
quando conhece os limites de sua sabedoria.
Você é verdadeiro
quando admite que há vezes em que você se engana.
Você está vivo
quando a esperança de amanhã significa mais a você do que o erro de ontem.
Você é livre
quando têm o controle de si e não deseja controlar os outros.
Você é honrado
quando descobre que sua honra é honrar os outros.
Você é generoso
quando pode receber tão docemente quanto você pode dar.
Você é humilde
quando você não sabe como pode ser humilhado.
Você é atencioso
quando me vê exatamente como sou e me trata exatamente como você é.
Você é misericordioso q
uando perdoa nos outros as faltas que você condena em si mesmo.
Você é belo
quando não precisa que um espelho lhe conte.
Você é rico
quando nunca precisa mais do que o que você tem.
Você é você
quando está em paz com quem você não é.

(Tradução Sergio Barros)

11/03/2005

O Silêncio

O mundo, às vezes, fica-me tão insignificativo
Como um filme que houvesse perdido de repente o som.
Vejo homens, mulheres: peixes abrindo e fechando a boca num aquário.
Ou multidões: macacos pula-pulando nas arquibancadas dos estádios...
Mas o mais triste é essa tristeza toda colorida dos carnavais
Como a maquilagem das velhas prostitutas fazendo trottoir.
Às vezes eu penso que já fui um dia um rei, imóvel no seu palanque,
Obrigado a ficar olhando
Intermináveis desfiles, torneios, procissões, tudo isso..
Oh! Decididamente o meu reino não é deste mundo!
Nem do outro...

Mário Quintana

Sem comentários.

09/03/2005

8 de março

"Ser mulher é ser capaz de montar e desmontar quebra-cabeças. É ser muitas em uma só, na multiplicidade de ser ternura e ser valente...."

25/02/2005

Totalidade

O mundo quer o melhor que você tem a oferecer,
mas Deus quer a sua totalidade. Anônimo


Esta frase me fez refletir sobre uma das mais fascinantes
dimensões do nosso Deus:A acolhida sem limites!
Ele nos acolhe com todas as nossas imperfeições,
pois somos seres à caminho,
estamos neste mundo para co-participar de sua construção,
para arregaçar as mangas e fazer daqui um lugar legal prá se viver.
É a tal ‘construção do Reino de Deus’,
um reino que JÁ construímos,
mas que AINDA NÃO está pronto...
E dentro desta construção está a construção de nós mesmos.
Acordamos diferentes todos os dias.
Mesmo que tenhamos o mesmo ritual todos os dias,
De ‘levantar da cama com o pé direito’...
nunca é o mesmo pé, nunca é a mesma pessoa,
porque mudamos a cada dia, aprendemos, ganhamos,
perdemos, sofremos, sorrimos, choramos...

Escolhi para embalar o pensamento, refrão de uma música que gosto muito,
Que diz que não estaremos jamais sozinhos se tivermos coragem suficiente
Para abrir a porta.
E perseverança suficiente
Para sentamos à mesa com nosso Deus.
........
Cheguei agora, estou à porta e peço entrada
Vim pra ficar na tua casa, estou aqui
Sentar-me à mesa, partilhar a nossa vida,
na intimidade revelar meu coração
Por muito tempo esperei por esse dia
Vem pros meus braços neste abraço de perdão
Não me importa se tu tens as mãos vazias
Eu sou Jesus e quero estar junto de ti.
......

21/02/2005

Ford

"Obstáculos são aquelas coisas medonhas que você vê quando tira os olhos de seu objetivo."
- Henry Ford -

Entendimento

"Às vezes, a prova de maior entendimento é não compreender."- Baltasar Gracián y Morales

Nem sempre entendemos o rumo das coisas que acontecem na nossa vida.
Estava refletindo sobre um texto que a Carlinha mandou pro grupo hoje, que falava de 'entregar-se' à vontade de Deus (ao menos foi esta a conclusão que cheguei ao ler a mensagem).
Sabe, mesmo acreditando que Deus tem sempre algo de bom prá nós, não acho que devemos largar simplesmente as rédeas nas mãos dele no primeiro momento.
Temos o tal do 'livre arbítrio', que nos possibilita escolher os nossos caminhos.
No poema da criação do mundo, Deus chamou Adão e Eva, e pediu que eles dessem nome a todos os seres da criação.
Isso significa que Deus nos quer participantes, e não meros agentes passivos diante dos acontecimentos.

Mas é tão difícil saber o que fazer...

Temos que ter uma baita sensibilidade para perceber se estamos trilhando o caminho certo, ou se estamos fazendo o que devemos fazer para que as coisas tomem o rumo certo.

Este lance de 'ser protagonista' dá muito trabalho.

Um dia Pe Birck (resolvi variar as fontes... Pe Cyzo vai ganhar uma folga) me puxou as orelhas, dizendo que eu queria ser mais que o Espírito Santo.

Fiquei brava (novidade), mas não é que o velhinho tinha razão (novidade de novo).

Não podemos querer determinar o rumo dos acontecimentos,
temos que aprender a interpretar os sinais de Deus nestes acontecimentos,
e quando percebemos que nosso entendimento não é suficiente,
é a hora de rezar e soltar o leme...

Acredite... isso funciona...

Paulo dizia: "quando sou fraco, aí é que sou forte"... ele também tinha razão.. hehehe

18/02/2005

Perseverança

Eu hoje acordei...
querendo ver o mar
mas eu moro bem no meio
de uma selva de pedras!

Bah, inspiração no Armandinho é o fim da picada!

Mas hoje o dia não começou de forma natural,
acordei com o despertador, às 5h55min,
me chamando prá ir caminhar com a Desa.
Saímos ainda estava escuro...
Bom, até aí tudo normal... na volta, após ter me arrumado pro trabalho, peguei o jornal prá dar uma olhadinha, e como de costume, fui direto prás charges e para aquelas colunas com crônicas, geralmente enviada por leitores ou colaboradores renomados (como Telmo Muller ou Fabrício Carpinejar).
Enfim... estava lá um artigo do Evandro Schreiber, que fez o Cenáculo comigo, falando de perseverança.
Coisa boa ver que as pessoas se preocupam com isso,
creio que muitas pessoas tenham um ritual parecido com o meu, e vão também começar o dia pensando nesta virtude tão nobre, de perseverar nos propósitos, objetivos e crenças.
Me fez bem ler teu texto, Evandro, especialmente por saber que tu falas do que o teu coração está cheio.

O Evandro não participa mais do Cenáculo, hoje ele se encontrou na Doutrina Espírita, o que eu respeito profundamente, já que conheço a firmeza de seus propósitos e a seriedade com que encara as coisas do alto.

A mim o espiritismo não diz nada, não creio em suas idéias e conceitos, mas isso é escolha pessoal, não cabe julgamento de valor...

Bom, queria partilhar isso,
fiquei com vontade de escrever mais também,
e mais do que isso... tirar as idéias do papel.

Ah, falando em tirar do papel!
Ontem foi um dia produtivo!!! Extremamente produtivo!!!

Saí de São Leopoldo à tardinha, fui encontrar o Rodrigo, de Nova Hartz, no Shopping de NH.
Conversamos bastante, nos inteiramos das novidades um do outro, e sonhamos um bocado!
Espero ter nascido ontem um embrião de um projeto muito bonito, um grupo em Nova Petrópolis!
Se for da vontade de Deus, vamos encontrar tempo e jeito prá fazer isso acontecer!
Falei também com o Pe Birck, tava com saudades dele! Eis outra visita que devo fazer na próxima semana.
Na volta encontrei com a Silvana, da PJ!
Fresquinha ainda de um curso de CAJO! Mas ah!
Em 20 minutos dentro de um coletivo nasceram outros projetos interessantes...

Nossa... que fase produtiva...
Se metade do que tem sido sonhado sair do subjetivo para o concreto... olha, este ano vai estar VALENDO, como diria o Jackson!

Ih, acho melhor parar, to com o verbo solto hoje!
Ah, prá encerrar as novidades, minha colega que vai casar acaba de decretar que vai comprar uma cama !
(essencial, né? fala sério!!)

17/02/2005

Curativos

A pressa é a inimiga da perfeição,
e o silêncio é o amigo da alma...

Não é original, mas é verdadeiro.

Não quero mais 'resetar' meu coração... hehehe
Fiz as pazes com ele, estamos bem agora.

Maria tem sua participação nesta história,
e meu terço cor-de-rosa também.

Rever bons e velhos amigos, ainda que uns virtualmente,
também me ajudou bastante a encontrar o centro novamente.

Sabe, o silêncio é extremamente terapêutico,
lembro do retiro que fiz na Faap sobre o Filho Pródigo...

Uma tarde e uma noite de silêncio, refletindo um texto da Madre Tereza...

Lembro das palavras do Pe Cyzo (em duas postagens, duas referências a ele, acho que é hora de fazer-lhe uma visita) que dizia para não confiar em quem não consegue ficar sozinho, quem não consegue fazer silêncio.

É, é mesmo hora de fazer-te uma visita... hehehe

:)

16/02/2005

Botão para 'resetar'

Maria, mãe...
auxílio dos cristãos,
fazei-nos mais irmãos,
ensina-nos a amar...
Este é um pedaço de uma música muito linda, que mostra Maria como uma mulher que nos auxilia, como mãe e mestra...
Esta é minha imagem preferida dela, a mulher que ensina, que partilha, que conduz.
Nunca me senti tão necessitada dos seus braços de mãe, do seu olhar de mestra, que mostra o caminho certo.
É tão difícil perder o controle das situações, especialmente prá mim.
Queria ter uma chave de 'liga e desliga' no coração.
Como diria o Pe Cyzo,
eis algo que vou reclamar com o Pai do Céu,
uma 'sugestão de melhoria' na criação,
um botãozinho de RESET no coração.

01/02/2005

Pessimista, medíocre e desbravador

"Imaginemos um grupo de excursionistas que partiram à conquista de um cume difícil, e olhemos para eles algumas horas depois da partida. Naquele momento, podemos presumir sua comitiva dividida em três tipos de indivíduos. Alguns lamentam ter deixado o albergue. As fadigas, os perigos parecem-lhes sem proporção com o interesse do sucesso. Decidem regressar. A outros não lhes desagrada ter partido. O panorama é belo. Mas, para que subir ainda? Não seria melhor desfrutar da montanha onde se está, no meio aos prados ou em pleno bosque? E deitam na grama os exploram as vizinhanças, esperando a hora do piquenique. Outros, finalmente, os verdadeiros alpinistas, não tiram os olhos do cume que se prometeram conquistar. E retomam a subida" (Teilhard de Chardin (1881-1955), teólogo e pensador francês, Sua Felicidade)

Os pessimistas querem sempre voltar.
Para eles o futuro nunca dará certo. O cume da montanha - de qualquer montanha - é sempre alto demais para ser alcançado.
Os medíocres querem sempre ficar onde e como estão.
Lembram aquela bela música dos Beatles, Let it be, deixa estar. Para que investir? Para que mudar? Para que arregaçar as mangas? Tudo está tão bom do jeito que está.
Os desbravadores querem sempre subir.
Para eles, a vida é um caminho a ser percorrido em direção a algo - o alto. O alto é a vontade de Deus, é o propósito para o qual foram presenteados com o dom da vida.

Nosso mundo precisa de desbravadores!!!

Você está disposto a arrumar as malas e subir à montanha?
Queremos então ser felizes?
Deixemos retornar os cansadoas e os pessimistas.
Deixemos os gozadores estender-se burguesamente na ladeira.
E agreguemo-nos, sem hesitação, ao grupo daqueles
que querem arriscar a escalada, até o último degrau.

31/01/2005

Celebração da esperança

Estive no FSM, um excelente espaço prá repensar a vida, prá refletir.
Estava olhando, contemplando as pessoas, tão diferentes, tão corajosas, tão 'loucas'.
A segunda leitura da liturgia deste domingo dizia que Deus escolhe o que é considerado louco para confundir os que se acham sábios neste mundo.
Faz sentido(!!!)
Conversava com o Bruno, sobre os atos concretos de tal encontro, porque reunir gente se ali não ocorre nada de 'concreto'. Comparamos com a missa... é a celebração de uma caminhada que deve ocorrer na semana, ali na missa vamos nos encontrar com amigos, com irmãos da caminhada, e partilhar ... e celebrar... saímos dali com mais forças para a semana, pois sabemos que não estamos sozinhos.
Creio que o FSM tenha este caráter, fortalecer nossas energias, para a caminhada, na construção de um mundo mais humano e solidário.
"Um novo céu e uma nova terra, onde reine a justiça"

Tão bom celebrar,
tão bom voltar prá casa com o coração cheio de esperança...

21/01/2005

Férias

Três elementos são capazes de fazer feliz a uma pessoa :
Deus, um amigo e um livro.

Lacordaire

Estou saindo em férias... espero que este tempo seja um tempo de paz, de construção, de felicidade.

Amém!

Babi
Ah, vou sentir saudades das coleguinhas maluquinhas de trabalho!

18/01/2005

Sobre Caminhos

" Senhor Cristo
Vós que sois tão meigo
Quanto o coração humano
Tão impetuoso
Quanto as forças da natureza
Tão íntimo quanto a própria vida.
Vós em quem posso me dissolver
E junto a quem
Terei domínio e liberdade:
Eu vos amo como um mundo
Como este mundo
Que cativou o meu coração
Sois vós
Agora percebo
Que meus Irmãos na Terra
Mesmo aqueles que não crêem
Sentem e procuram
Por toda mágica
Imensidade do Cosmos."

(Teilhard de Chardin)

Ah, que linda esta oração... profunda, doce...
Doce como um amor correspondido...
Algo que ansiamos profundamente... um amor correspondido...
Pode haver algo mais belo do que isso?
Entendo que Deus espere isso de nós, que consigamos perceber o imenso amor que tem por todos nós, e então nos entreguemos a este amor, correspondendo aos planos de plenitude que ele tem prá cada ser de sua criação.
Nosso caminho é o caminho da felicidade!
Hoje mais do que nunca me peguei pensando sobre os caminhos que trilhamos... comecei o dia lendo um projeto que o Zé Luiz me mandou, tão lindo... (os dois, no caso...)
Falava da dimensão do Caminho... me fez lembrar também da FaaP, que na comemoração dos seus 15 anos (estou correta Pe Cyzo??) refletia sobre o Caminho...
E o Caminho é algo tão desafiador... fácil entender que a maioria das pessoas prefere ficar sentada à beira dele, apenas assistindo a vida passar.
Muitas vezes, mudar o jeito de caminhar faz uma diferença enorme... nos ajuda a ver a beleza que está à nossa volta... o amor que se oferece a cada instante e que temos medo de corresponder... a tão sonhada e ao mesmo tempo negligenciada Felicidade.
Encerro com outra frase, agora do Tiago de Mello:


"Não, não tenho caminho novo
O que tenho de novo é o jeito de caminhar"

12/01/2005

Voltaire

A falsa ciência cria os ateus;
a verdadeira faz o homem
prostrar-se diante da divindade.

07/01/2005

Sartre x Babi


Não julgamos aqueles que amamos.
Sartre

Temos que amar mais.
Babi

06/01/2005

Dia difícil

Há pessoas tão chatas que nos fazem perder um dia em cinco minutos.

(Jules Renard)

Uma vez li um dos livros da Louise Hay, que falava sobre o poder que temos de determinar o que vamos sentir.
Segundo a autora, somos inteiramente responsáveis pelo que sentimos, uma vez que o sentimento passa primeiro pelo crivo da razão, se vc SABE que não deve se importar, não vai se irritar e permitir que seu humor fique alterado.
Tudo isso é muito bonito no papel.
Quero ver esta teoria sobreviver a um distúrbio hormonal mensal, quando os sentimentos estão embaralhados, a percepção da realidade alterada, algo tão alucinógeno quanto o LSD, inclusive com os mesmos sintomas de "flash back".
Na cadeia evolutiva, os homens deveriam ser providos de uma capacidade de compreensão descomunal para estes períodos, poderia ser uma grandeza diretamente proporcional à irritabilidade feminina.
Sabe, vou sugerir isso pro Papai do Céu quando chegar lá em cima. Já está anotado no meu caderninho...
Nós mulheres somos tão adoráveis, merecemos uma dose extra de compreensão de vez em quando, não é verdade?

05/01/2005

Janeirão

OI POVO
bah, janeiro começou e a correria de dezembro se manteve...
Mas ainda estou firme nos meus propósitos...
- ser mais comprometida com minha dimensão profissional;
- curtir meus 'velhos amigos', que ficam muitas vezes em segundo plano ;
- amar mais e melhor;
- curtir minha família, a guria que vai nascer, o Du, lindão...
- e crescer como ser humano, no emocional e no espiritual.
a ordem dos itens aí de cima não importa, todos têm a mesma importância...
Também quero refletir mais sobre as coisas, ando muito esquentadinha,
então vamos partilhar uma frase do Chardin, que eu amo???


"Não somos seres humanos vivendo uma experiência espiritual
somos seres espirituais vivendo uma experiência humana."

Então, buscar viver do jeito certo, de acordo com nossa natureza,
é o mínimo indispensável para conseguir alcançar a felicidade.
:)

Postagens populares